Chamadas em bloco devem contratar quase 18 milhões de m³/dia de Gás Natural

Distribuidoras de 12 estados do Centro-Sul e do Nordeste lançaram este mês duas chamadas públicas de compra de gás natural e contratarão até 17,7 milhões de m³/dia no total: 9,7 milhões de m³/dia para as empresas do Centro-Sul e 8,080 milhões de m³/dia para as do Nordeste.

O processo de compra coordenada das distribuidoras teve o pontapé inicial dado no último dia 10/8, com a publicação dos editais por parte das companhias do Sul – Compagás (PR), Sulgás (RS) e SCGás (SC) -, além da GasBrasiliano (noroeste de SP) e a MSGás (MS), que também aderiram à mesma compra. No último dia 14/8, foi a vez das distribuidoras do Nordeste. A Bahiagás é a responsável pela compra do maior volume da região, com 4,1 milhões de m³/dia.

Embora as empresas tenham se unido para lançar as chamadas em bloco, cada uma terá seu processo de compra. Há maior complexidade no caso das empresas do Centro-Sul devido ao tamanho dos seus mercados. Cada uma optou por fazer contratação em diferentes modalidades, como firme, flexível, sazonal, disponibilidade e customizado – onde há livre negociação entre o supridor, que pretende ofertar por meio desse tipo de contrato, e a compradora.

Dentre as distribuidoras, a Compagás é a empresa que pretende comprar o maior volume de gás, com até 5,9 milhões de m³/dia, de acordo com levantamento da Brasil Energia. O gás será comprado em cinco diferentes modalidades de contratos.

Já a chamada da TBG para contratar capacidade de transporte, que estava prevista inicialmente para meados deste ano, deverá ser realizada no fim de 2018, com o resultado sendo divulgado no primeiro semestre do ano que vem.

Fonte: Brasil Energia

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.